Exportação

2ª semana de abril mostra recuperação nos embarques de carne de frango

Os dados semanais da SECEX/MDIC apontam que na segunda semana de abril (7 a 13, cinco dias úteis) as exportações de carne de frango in natura superaram ligeiramente a casa dos 79 mil toneladas, apresentando aumento de 7,3% em relação às 73,6 mil toneladas embarcadas na semana inicial do mês, também com cinco dias úteis. Isso, obviamente, influenciou positivamente a média diária embarcada no mês, agora em 15,272 mil toneladas. Mas, mesmo assim, ela permanece negativa (-8,68%) em relação ao mês anterior, ao mesmo tempo em que não corresponde, exatamente, a um aumento de 36% sobre o mesmo mês de 2018, já que os dados de abril de 2018 parecem ter sido subestimados. Embora a média diária atual seja inferior à do mês passado, o volume total de abril pode superar o que foi embarcado em março. Apenas porque o corrente mês tem dois dias úteis a mais. Assim, as 15.272 toneladas ora registradas projetam para a totalidade do mês algo em torno das 320 mil toneladas de produto in natura, volume que, se atingido, significará aumento de cerca de 1% sobre as (quase) 318 mil toneladas de março passado. A registrar ainda que, mesmo apresentando diferença mínima em relação ao mês anterior, o preço pago pelo produto exportado segue crescente. Por ora, alcança a média de US$1.609,17 por tonelada, valor 3,7% superior ao registrado um ano atrás e, por ora, o melhor resultado dos últimos 17 meses.

(AviSite) (Redação)



Visite  www.avisite.com.br  - O Portal da Avicultura na Internet