Mercado

Ovo x Milho: avicultor recupera poder de compra em fevereiro

Em fevereiro o preço médio dos ovos brancos na granja (interior paulista, caixa com 30 dúzias) obteve forte recuperação mensal que se aproximou de 59%. Entretanto, a base anterior, janeiro, era muito baixa, a pior dos últimos quatro anos. Isso fica bem claro quando se verifica que o índice de incremento em doze meses atingiu apenas 1,3%. O Produtor de milho, por sua vez, obteve valorização na comercialização do seu produto de quase 6% e 18,5%, no mês e em doze meses, respectivamente. Assim, com a valorização mensal na cotação do ovo muito superior à do milho, foram necessárias 11 caixas de ovos para adquirir uma tonelada de milho, situação bem melhor que janeiro último quando a necessidade atingiu 16,5 caixas. Com isso, houve forte recuperação mensal no poder de compra, de 50%. Em doze meses o índice permaneceu negativo pelo décimo quarto mês consecutivo: a perda chegou a 14,5%, pois, em fevereiro de 2018 foram necessários somente 9,4 caixas de ovos para adquirir a tonelada de milho. Na comparação com a média histórica de fevereiro dos últimos nove anos – 10,2 caixas de ovos - a perda do produtor de ovos de fevereiro último atingiu índice negativo de 7,5%. Os preços médios de ambos os produtos no decorrer da primeira quinzena de março indicam, por ora, perdas na casa dos 3% e 10% no poder de compra do avicultor, no mês e em doze meses, respectivamente.

(AviSite) (Redação)



Visite  www.avisite.com.br  - O Portal da Avicultura na Internet