Produção

Novo Outlook FIESP: as projeções para a carne de frango brasileira até 2028

Em seu Outlook 2028 – estudo no qual projeta as tendências da agropecuária brasileira por uma década – a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), tomando como base dados de 2017, estimou que a produção brasileira de carne de frango pode se expandir a uma média anual próxima de 2%, acumulando ao final do período analisado evolução de pouco mais de 22%. Já o consumo doméstico, mesmo em expansão, tende a uma evolução média mais modesta – crescimento pouco superior a 1,5% ao ano e, com isso, um incremento acumulado próximo de 20%. Frente aos índices anteriores, é óbvio que as exportações terão evolução média mais elevada. E o estimado pela FIESP é um incremento acumulado não muito distante dos 30%, resultado que implica em uma expansão média ligeiramente aquém de 2,5% ao ano. No gráfico abaixo estão reproduzidas as projeções do Outlook FIESP 2028. Notar que a soma do consumo doméstico e das exportações previstas ultrapassa ligeiramente a produção apontada. Ou seja: confirmados os índices de expansão levantados, a produção - para atender exportações e consumo - precisará ser cerca de 3,5% superior ao que está sendo projetado.

(AviSite) (Redação)



Visite  www.avisite.com.br  - O Portal da Avicultura na Internet