Mercado

Frango pode liderar expansão do VBP animal em 2019

A recente melhora nas exportações de carnes já determinou a reversão das expectativas do Ministério da Agricultura em relação ao valor bruto da produção (VBP) animal do corrente exercício. Assim, se até recentemente era esperado para os cinco principais produtos do setor um VBP menor que o de 2017, na estimativa mais recente (com valores deflacionados pelo IGP-DI da FGV de outubro de 2018) apenas suínos e ovos permanecem com projeções negativas. Mas não é só. Na primeira projeção para 2019, o MAPA sinaliza continuidade da expansão do VBP dos bovinos, do frango, do leite e, agora, também dos suínos. Ou seja: somente os ovos seguem com tendência negativa. A ponto de correrem o risco de retroceder ao menor VBP dos últimos seis anos. O interessante, neste caso, é que no decorrer da presente década os ovos chegaram a registrar o maior índice de evolução do VBP entre os cinco produtos listados da produção animal. Assim, alcançaram em 2016 (gráfico abaixo) valor de produção 200% maior que o registrado no último ano da década passada (2010). Mas esse ganho se perdeu com o expressivo aumento de produção observado no setor. Na primeira projeção do MAPA para 2019, o ovo tende a alcançar no penúltimo ano da presente década um VBP 115,80% maior que o de 2010, índice que – maior curiosidade dessa primeira projeção – está muito próximo do VBP do frango (+115,18%) e que não é muito diferente do VBP do leite (+117,15%) ou dos bovinos (+107,72%). Aparentemente, pois, só os suínos continuarão fora do padrão, com um VBP apenas 63,11% maior que o de 2010. Os demais produtos continuarão com, praticamente, a mesma paridade registrada ao final da década passada.

(AviSite) (Redação)



Visite  www.avisite.com.br  - O Portal da Avicultura na Internet