Revista do AviSite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
AviGuia
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Legislação
Busca Avançada
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Sábado, 06/06/2020
Siga-nos:
CLIPPINGS
Suínos: resultados inexpressivos marcam mercado nesta quinta-feira

Categoria: Mercado

Campinas, SP, 08/11/2019 |


O mercado de suínos fechou com certo marasmo ontem, quinta-feira (07). As cotações do suíno vivo que vinham encerrando o dia desde segunda-feira (04), fecharam o dia 06 com resultados divergentes nas principais praças produtoras, segundo dados do Cepea.

Em Minas Gerais não houve variação, e o preço do quilo do suíno vivo ficou em R$ 5,39. Paraná e Santa Catarina tiveram resultados negativos, -0,20% e -0,21%, encerrando em R$ 5,01 e R$ 4,86, respectivamente. Cotação positiva para este setor foi para o Rio Grande do Sul, alta de 0,64% e preço de R$ 4,71 o quilo, e para São paulo, R$ 5,34 o quilo, 0,19% a mais que o dia anterior.

De acordo com a Scot Consultoria, os valores da arroba do suíno CIF e do suíno carcaça especial não tiveram variação no fechamento desta quinta-feira (07). A arroba do suíno CIF ficou entre R$ 99,00 e R$ 101,00, enquanto o suíno carcaça especial permaneceu em R$ 7,90 / R$ 8,10

Exportações

De acordo com a diária de mercado divulgada nesta quinta-feira (07) pelo Cepea, as exportações brasileiras de carne suína aumentaram expressivamente em outubro, atingindo o terceiro maior volume da série história da Secex, iniciada em 1997.

A receita em Real, por sua vez, foi recorde. De acordo com a Secretaria, foram embarcadas 67,3 mil toneladas de produtos suínos, gerando receita de R$ 607,63 milhões. O volume embarcado em outubro foi 17,8% maior que o de setembro e esteve 8,6% acima do de outubro/18.

Para o faturamento em moeda nacional, os incrementos foram de 19,4% e de 51%, respectivamente (Secex). O recorde na receita esteve atrelado ao preço pago pela tonelada em dólar e também pelo elevado patamar do câmbio. Em outubro, as exportações totais suínas tiveram preço médio de US$ 2,21/kg, o maior de 2019 e 28% acima da média de outubro/18. Já o dólar teve média de R$ 4,08 no mês, leve queda de 0,9% frente a setembro, mas ainda um dos maiores patamares deste ano e 8,6% acima do observado em outubro/18.



Fonte: Notícias Agrícolas
Autor: Letícia Guimarães



COMENTÁRIOS






ÚLTIMOS CLIPPINGS













CLIPPINGS MAIS LIDOS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE

Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: