Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Quarta-feira, 13/11/2019
Siga-nos:
Classificados Links Vídeos
CLIPPINGS
PIB do agronegócio cresce 0,64% em 2019

Categoria: Agronegócios

Brasília, DF, 16/10/2019 |

Desempenho de janeiro a julho é puxado principalmente por insumos e pecuária.

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio teve crescimento de 0,64% no acumulado de janeiro a julho de 2019 em relação ao mesmo período do ano passado, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

O resultado foi impulsionado principalmente pelo segmento de insumos, com alta de 7,88% nos primeiros sete meses do ano. Agroindústria e serviços registraram expansão de 1,60% e 1,18%, respectivamente. O PIB da atividade primária (dentro da porteira) foi o único que recuou (-2,99%), segundo o boletim CNA/Cepea.

“O PIB do segmento primário se mantém pressionado por maiores custos de produção e menores preços de seus produtos”, explicam CNA e Cepea por meio de Comunicado Técnico.

Analisando o comportamento do PIB por ramo, a pecuária puxou o resultado do PIB para cima, com crescimento de 7,04% de janeiro a julho, com desempenho positivo em todos os elos da cadeia produtiva. Destaque para o segmento primário, com alta de 10,96%.

“Embora o segmento primário da pecuária também siga pressionado por elevados custos de produção, a alta dos preços dos seus produtos, aliado a um maior volume de produção, têm garantido expansão de 10,96% nos primeiros 7 meses do ano”, explica o estudo técnico.

Na agricultura, o resultado do PIB ficou negativo em 1,75% no acumulado deste ano. Apenas os insumos apresentaram resultado positivo, em razão do momento favorável para as indústrias de fertilizantes e defensivos.

Julho – No mês de julho, o PIB do agronegócio teve variação de 0,12%. Tiveram elevações os segmentos de insumos (0,77%), agroindústria (0,36%) e agrosserviços (0,55%), enquanto o segmento primário apresentou recuo de 1,14%.



Fonte: CNA
Autor: Assessoria de Imprensa



Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!




ÚLTIMOS CLIPPINGS













CLIPPINGS MAIS LIDOS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE

Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: