Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Sexta-feira, 20/09/2019
Siga-nos:
Classificados Links Vídeos
CLIPPINGS
Instituto Ovos Brasil participa de edição histórica do SIAVS confirmando vocação do Brasil para alimentar o mundo!

Categoria: Eventos e Cursos

São Paulo, 11/09/2019 |

Salão Internacional da Avicultura e Suinocultura promoveu negócios e debates em São Paulo

Reunindo mais de 20 mil pessoas de dezenas de países, o Salão Internacional da Avicultura e Suinocultura (SIAVS) encerrou a edição de 2019 com recorde de público e otimismo sobre o futuro. Produtores, executivos, técnicos e autoridades estiveram em São Paulo entre os dias, 27 a 29 de agosto, para uma série de debates que comprovaram a qualidade e a sustentabilidade do produto brasileiro.

 

Ao longo dos três dias de atividades, o SIAVS teve uma intensa programação e, com cerca de 2.400 congressistas. Além de intensos debates técnicos, o evento também foi palco de negócios: em uma das maiores feiras do agronegócio do país, reuniu todos os elos da cadeia produtiva. Ao todo, estandes de mais de 170 empresas mostraram novas tecnologias, produtos e serviços. Em torno de 1.600 produtores integrados e independentes participaram do “Projeto Produtor”, que compartilhou diretrizes de boas práticas e informações de mercado.

 

Toda equipe do Instituto Ovos Brasil também esteve presente durante todo o SIAVS-2019, com um estande com atividades de divulgação das propriedades e qualidades do ovo e a entrega do “Prêmio Imprensa” edição 2019 promovido pelo Instituto. Também participaram do “Simpósio OvoSite” em que se discutiu questões relevantes sobre mercado da avicultura de postura no Brasil.

 

 

Equipe Instituto Ovos Brasil no SIVAS-2019: Eduardo Valença (Publicidade), Ricardo Santin (Presidente do Conselho Diretivo), Lúcia Endriukaite (nutricionista), Jonathan Santos (Analista Administrativo), Tabatha Lacerda (Gerente Administrativa), e Erica Barros (Assessoria de Imprensa).

 

Para Tabatha Lacerda gerente executiva do IOB, foi de grande importância para o Instituto Ovos Brasil o evento. “Os resultados do trabalho de promoção do ovo que o IOB realiza pode ser comprovado pelo aumento do consumo do alimento registrado desde o início dos nossos trabalhos. Gostaríamos de aumentar a quantidade de pessoas que investem nas nossas ações, afinal o benefício é do setor como um todo”.

 

Cerimônia de abertura

 

A cerimônia de abertura do SIAVS contou com autoridades de todo o país interessados em prestigiar o agronegócio em geral.

 

Estiveram presentes Francisco Turra (Presidente da ABPA), João Doria (Governador de São Paulo), Tereza Cristina (Ministra da Agricultura), Romeu Zema (Governador de Minas Gerais), Eduardo Leite (Governador do Rio Grande do Sul), Renato Casagrande (Governador do Espírito Santo), Carlos Massa Ratino Júnior (Governador do Paraná), Reinaldo Azambuja (Governador do Mato Grosso do Sul), Luis Carlos Heinz (representando o Senado), Roberto Pessoa (representando  a Câmara dos Deputados), Alceu Moreira (Deputado Federal pelo Rio Grande do Sul), Contra-Almirante Ricardo Segovia (da Apex), Leomar Somensi (Diretor-Comercial da Aurora Alimentos) e Carlos Zanchetta (Diretor-Presidente da Zanchetta Alimentos).

 

 

Francisco Turra, Presidente da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal) que promove o evento, contou que vive a emoção de poder ver todo o setor reunido para discutir o futuro e o conhecimento atual envolvendo a avicultura e a suinocultura. Ele também fez uma reflexão, perguntando a todos “qual é o Brasil que queremos, o Brasil que somos e o Brasil que seremos”.

 

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, foi a homenageada desta edição do SIAVS. Ela ressaltou que o Brasil é uma potência no agro, mas também na proteção do meio ambiente. “Mais do que nunca, precisamos estar unidos. O Brasil tem a vocação de colocar comida no prato de bilhões de pessoas”, disse. Ela também recebeu das mãos do Presidente da ABPA um documento com as demandas da avicultura e suinocultura.

 

 

Simpósio OvoSite

 

Logo na tarde do primeiro dia do evento (27 de agosto) a exportação, produção, marketing e comercialização de ovos esteve em foco durante o Simpósio OvoSite, promovido em conjunto pela ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), pela Mundo Agro Editora e com o apoio do Instituto Ovos Brasil.

 

O Simpósio OvoSite teve como tema as “estratégias para aumentar as exportações brasileiras de ovos”. Palestrantes se revezaram para expressar suas opiniões sobre este assunto e outros.

 

 

Sala do Simposio Ovosite.

 

Osler Desouzart, OD Consulting

 

O consultor apresentou uma série de números envolvendo a produção de ovos. Por exemplo, em 2018, 208 países do mundo produziram ovos de consumo, sendo que o Brasil ocupou a 5ª posição. Ele também falou da complicada questão que é a falta de dados claros sobre o setor. “Para fazer o planejamento é preciso ter números, e isso o setor não tem”.

 

 

Nélio Hand, Diretor-Executivo da AVES (Associações de Avicultores e de Suinocultores do Espírito Santo) e também membro do Conselho do Instituto Ovos Brasil

 

Nélio Hand fez comentários sobre a produção de ovos em sistemas diferenciados. Para ele, é o consumidor quem deve decidir qual ovo quer e pode levar para casa. Por isso, estes tipos de produção devem ser considerados nichos de mercado e uma agregação de valor.

 

Sobre as exportações de ovos, Nélio afirmou que o Brasil exporta 0,5% de sua produção e este é um número muito baixo para a capacidade que o setor tem de produção.

 

 

Leandro Pinto, da Granja Mantiqueira, membro do Conselho do IOB

 

Leandro aproveitou o espaço que lhe cabia para falar sobre a necessidade de aumentar o número de produtores que contribuem com o Instituto Ovos Brasil e seu trabalho de promoção do consumo de ovos. “Precisamos nos unir mais e investir para que possamos crescer”, afirmou.

 

 

Gustavo Crosara, da Somai Alimentos, membro do Conselho do IOB

 

Para Gustavo, para termos um segmento de postura mais forte e sustentável é necessário, entre outros fatores, uma adesão maior ao Instituto Ovos Brasil, que deveria contar com mais de 80% dos produtores de ovos e alinhar esforços e estratégias entre as associações estaduais.

 

 

 

Ricardo Faria, da Granja Faria

 

Ricardo Faria solicitou maior participação do setor nas reuniões que a ABPA realiza para discutir as questões da postura comercial e exportação, dizendo que estas reuniões devem ser “o nosso grande ponto de encontro”, e que existe a necessidade de maior união. Apresentou a história da Granja Faria, o sucesso de seus empreendimentos e comentou sobre sua produção de ovos que, hoje, é uma das maiores do Brasil, contando com 6 marcas e distribuindo para todo o território nacional. Comentou também sobre sua visão de futuro e projeções.

 

 

Na sequência, Leonardo, Trader da Four Import. Export. LTDA e Redilton, CEO e Gestor Logístico da Bretas Broker apresentaram considerações sobre o trânsito e vendas no mercado externo. 





Fonte: IOB
Autor: Assessoria de Imprensa



Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!




ÚLTIMOS CLIPPINGS













CLIPPINGS MAIS LIDOS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE

Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: