Revista do AviSite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
Info Estatísticas
AviGuia
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Legislação
Busca Avançada
Cadastre-se
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Quinta-feira, 06/08/2020
Siga-nos:
CLIPPINGS
Após retomar atividades, BRF diz que dobrará abates de frango em unidades atingidas por crise

Categoria: Empresas

Goiânia , 22/08/2019 |


A BRF, empresa de produção de proteína animal, dona de marcas como Sadia e Perdigão, anunciou que dobrará a produção de frango em unidades que foram atingidas pela crise no setor após deflagração da Operação Carne Fraca em 2017. À época foram investigadas supostas irregularidades na obtenção de certificados de qualidade.
Com as denúncias, compradores europeus suspenderam a compra de aves brasileiras e isso afetou unidades da BRF, algumas delas em Goiás, como em Rio Verde, Buriti Alegre e Mineiros.
O diretor presidente da BRF, Lourival Luz, após reunião com o governador Ronaldo Caiado nesta quarta-feira (21), em Goiânia, destacou que serão intensificadas ações nas três localidades. Em Mineiros, desde março foi retomada a produção de chester, mas por se tratar de um produto cíclico, consumido apenas na época do Natal, será dobrada a produção de frango.
Hoje, por dia, são abatidas 120 mil aves e a expectativa é dobrar esse número, ou até mesmo chegar a 260 mil aves por dia. Em Buriti Alegre será reforçada a linha de exportação, com atenção para os países árabes. Em Rio Verde será ampliada a fábrica de rações para aves. O diretor presidente da BRF, Lourival Luz, destaca o que será feito para que os objetivos sejam alcançados.
"Esse processo deve ser concluído até julho do ano que vem, que é exatamente respeitar o tempo e a maturação da cadeia, e aí durante esse período, vamos estar trabalhando com as secretarias para ter uma ação coordenada. O que falamos aqui é o objetivo de trabalhar a quatro mãos. O objetivo da BRF é o mesmo do Estado, de crescimento, de fomentar esse aumento de volume, até de exportação", afirma.
A planta de Mineiros ficou fechada por um ano e meio, mas as ações foram retomadas no início do ano. Aves estavam sendo levadas para serem abatidas na unidade de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, gerando prejuízo para a cadeia produtiva de diversas regiões goianas. O governador Ronaldo Caiado, avalia os benefícios do anúncio feito pela BRF.
"Esse é um processo que está nítido e claro o avanço de investimentos que a BRF fará no nosso estado de Goiás", vislumbra.
O investimento anunciado pela empresa deve chegar até R$ 89 milhões, até julho do ano que vem e a expectativa é de gerar cerca de 1 mil empregos diretos.




Fonte: Sagres On Line
Autor: Samuel Straioto



COMENTÁRIOS






ÚLTIMOS CLIPPINGS













CLIPPINGS MAIS LIDOS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE