Revista do AviSite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
AviGuia
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Agenda
Legislação
Busca Avançada
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Segunda-feira, 17/02/2020
Siga-nos:
CLIPPINGS
Soja: Brasil teria apenas mais 2 mi de t para exportação e negócios seguem fluindo

Categoria: Matérias-Primas

Campinas, SP, 21/08/2019 |


Volumes que serão comercializados ainda para fora seriam destinados ao consumo interno e mais adiante farão falta. Assim, preços seguem fortes e prêmios ainda atuando no intervalo de 120 a 140 pontos, marcando até 150 nos melhores momentos.

Para o fechamento de mercado da soja desta quarta-feira (21), a jornalista Carla Mendes entrevistou Vlamir Brandalizze, analista de mercado da Brandalizze Consulting. Com altas positivas de 4,75 e 5 pontos para os principais vencimentos, o analista vê que este é um momento em que o mercado está construindo posições e que o alvo é chegar ao patamar de US$ 9 por bushel.

No entanto, muitos fatores indefinidos estão dificultando que o preço da commodity chegue a esse patamar. Dentre os fatores estão os números da safra e as condições climáticas nos Estados Unidos. Com relação aos números da safra, o USDA tem sido constantemente contestado por causa dos dados apresentados no boletim mensal de oferta e demanda de agosto.

Ao mesmo tempo, o impasse comercial com a China e políticas públicas definidas pelo presidente americano, Donald Trump, tem tirado a paciência dos produtores rurais americanos. Ele explicou que, mesmo com os subsídios governamentais, os produtores terão prejuízo na safra atual.

Veja também:
>> USDA retira equipe de tour da safra nos EUA após ameaças a funcionário
Enquanto isso, o produtor rural brasileiro tem encontrado bons preços para negociar a safra velha. Os preços nos portos giram em torno de R$ 86 a R$ 88 por saca, sendo que há vendedores entregando soja agora para receber R$ 90 a R$ 92 / saca em março de 2020. Os prêmios estão no intervalo de 120 a 140 cents de dólar sobre os valores de Chicago, batendo em até 150 nos melhores momentos. O dólar, nesta quarta, mesmo em baixa, segue acima dos R$ 4,00 e sustentado.



Fonte: Notícias Agrícolas
Autor: Carla Mendes



COMENTÁRIOS






ÚLTIMOS CLIPPINGS













CLIPPINGS MAIS LIDOS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE

Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: