Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Sexta-feira, 14/12/2018
Siga-nos:
Classificados
CLIPPINGS
China perto de acordo para retirar antidumping do frango do Brasil

Categoria: Exportação

São Paulo, SP, 04/12/2018 |


Os frigoríficos exportadores de carne de frango do Brasil e o Ministério do Comércio da China (Mofcom) estão próximos de um acordo para a retirada das tarifas antidumping aplicadas no ano passado contra o produto brasileiro, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Para retirar a tarifa antidumping que foi aplicada em agosto do ano passado por Pequim, os exportadores de carne de frango do Brasil aceitarão um acordo de preço mínimo (“price undertaking”).

Com o estabelecimento de um piso para o preço do produto brasileiro, Pequim visa a proteger os produtores locais, que se sentiam lesados pela entrada do produto brasileiro em seu mercado. O Brasil é o principal fornecedor externo de carne de frango para a China. Os frigoríficos brasileiros negam a prática de dumping.

Nos bastidores, a avaliação é que a China quer fechar o acordo de preço mínimo ainda antes da posse do presidente eleito Jair Bolsonaro. Durante a campanha eleitoral, o presidente eleito adotou, por vezes, uma retórica crítica aos chineses.

Em nota, a ABPA informou que restam algumas pendências para o acordo com o Ministério do Comércio da China. “O objetivo é consolidar um entendimento equilibrado no menor prazo possível, com total transparência e ganhos para ambos os lados. É nisto que as partes envolvidas têm se engajado”, disse Turra.

Apesar do antidumping, as vendas para China cresceram neste ano e o país asiático é o segundo maior cliente dos frigoríficos brasileiros, conforme a ABPA. Os chineses são vorazes consumidores de pés de frango, o que é extremamente positivo para os frigoríficos brasileiros. Antes da ascensão da China como importante cliente do Brasil, os pés de frango praticamente não tinham destinação e acabavam virando ração.

De acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pela ABPA, as exportações brasileiras aos chineses somaram 363 mil toneladas, o equivalente a 11% das exportações totais do país. Na comparação com o mesmo período do ano passado, as vendas para a China cresceram 9%, segundo a ABPA.



Fonte: Valor
Autor: Luiz Henrique Mendes



Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!




ÚLTIMOS CLIPPINGS













CLIPPINGS MAIS LIDOS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: