Revista do AviSite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
AviGuia
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Legislação
Busca Avançada
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Quarta-feira, 08/04/2020
Siga-nos:
Notícias Clippings
CLIPPINGS
Rabobank: Covid-19 e PSA abalam os mercados globais de aves no segundo trimestre

Categoria: Agronegócios

Campinas, SP, 23/03/2020 |


De acordo com relatório do Rabobank, divulgado na última semana, as perspectivas para aves domésticas em 2020 serão materialmente afetadas pela atual pandemia de coronavírus, e os atuais desafios da peste suína africana (PSA) na indústria suína trarão complexidade adicional aos mercados globais.

O banco prevê uma queda adicional na produção de carne suína na Ásia este ano, o que pode levar a um potencial crescimento na produção local de aves e no comércio internacional, se os desafios crescentes da cadeia de suprimentos puderem ser gerenciados. Como agora se espera que o coronavírus cause uma desaceleração econômica global, a demanda de aves poderá se beneficiar entre as proteínas, devido à sua competitividade de preços.

“Em termos de mercado, esperamos maior consumo doméstico de aves e maior venda de produtos não perecíveis. Questões de logística e disponibilidade de mão-de-obra, como as que afetam a distribuição, provavelmente afetarão a oferta nos próximos meses. O coronavírus também afetará o suprimento global de insumos de aves (como aditivos para alimentos para animais e produtos de saúde animal), devido a interrupções em fornecedores chineses e outros”, de acordo com Nan-Dirk Mulder, especialista global sênior - proteína animal do Rabobank.

Ainda segundo o relatório, as mudanças nas condições econômicas e de mercado trazidas pela pandemia de coronavírus terão impactos significativos nas aves em âmbito global em 2020. O comércio mundial enfrentará mais volatilidade este ano, com destinos e origens afetadas, além de preços.

É provável que os volumes totais sejam afetados temporariamente e o comércio acabe se beneficiando de problemas de suprimento local relacionados ao coronavírus, PSA e influenza aviária (IA).

Os maiores problemas relacionados ao coronavírus serão possíveis choques na oferta e demanda, causados ​​por questões de quarentena e logística e mudanças temporárias na demanda do consumidor em relação ao consumo doméstico, produtos não perecíveis, etc. Como isso pode afetar a oferta e a demanda, ele tem o potencial para impactar também os mercados e preços globais de aves.



Fonte: Notícias Agrícolas
Autor: Redação



COMENTÁRIOS






ÚLTIMOS CLIPPINGS













CLIPPINGS MAIS LIDOS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE

Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: