Revista do AviSite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
Info Estatísticas
AviGuia
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Legislação
Busca Avançada
Cadastre-se
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Terça-feira, 22/09/2020
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal Informativo Diário Info Estatísticas
CLIPPINGS
Luiz Carlos Giongo assume a presidência do Nucleovet

Categoria: Diversos

Chapecó, SC, 13/02/2020 |

Inclusão e cooperação estão entre as metas da nova gestão que tem como desafio atrair novos profissionais e dar continuidade para os projetos.

O Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas elegeu a nova Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e Deliberativo para os próximos 2 anos.

A eleição realizada em Assembleia Geral Extraordinária, conforme Edital de Convocação previsto no estatuto da entidade, elegeu no final de 2019 a nova diretoria que ficara à frente do Nucleovet na gestão 2020/2021. A entidade que realiza anualmente os Simpósio Brasil Sul de Avicultura, Suinocultura e Bovinocultura de Leite, é uma das mais ativas do país, com atividades científicas, técnicas e sociais.

Para o médico veterinário Luiz Carlos Giongo, liderar o time de profissionais voluntários do Nucleovet será uma enorme honra e alegria “Aqui trabalhamos unidos em prol de um bem maior, congregando veterinários e zootecnistas que atuam em diversas áreas, como a da cadeia de proteína animal, fiscalizatória e regulamentar, animais de companhia, saúde animal e, por extensão a saúde humana. Seremos uma diretoria focada nos propósitos da entidade, buscando uma gestão participativa e inclusiva, para ampliar ainda mais os nossos horizontes”, descreve Giongo.
Novo presidente 2020/2021.



Médico veterinário Luiz Carlos Giongo assume a presidência do Nucleovet.


Giongo é médico veterinário formado pela Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC em 1999. Na carreira profissional atuou principalmente junto a cadeia de proteína animal. “Percebi cedo que o caminho da gestão profissional de pessoas e projetos, seria fundamental então busquei especializações que atendessem esta necessidade. Para isso investi em Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu, Gestão do Agronegócio pelo CEFET PR em 2003, depois MBA em Gestão Empresarial pela FGV em 2005 e Gestão de Sociedades Cooperativas pela UNOESC Chapecó, em 2009”.

Ao longo da carreira profissional Giongo participou de inúmeros treinamentos técnicos para atualização e aperfeiçoamento profissional. Foram 20 anos ligados a Cooperalfa Cooperativa do Sistema Aurora, inicialmente atuando na extensão rural a campo com orientação técnica e supervisão de equipe, depois atuando mais fortemente na coordenação da atividade de suinocultura da Alfa. Nos últimos 12 anos atuou na Gerência técnica, com todos os profissionais de campo, na produção agropecuária de suínos, leite e produção de grãos da Cooperativa, frente a mais de 250 pessoas na gestão direta. O médico veterinário assumiu no início do mês a Gerëncia de Suinocultura da Cooperativa Central Oeste Catarinense – Aurora para atuar com todo o sistema cooperativo.

Nucleovet na era da inclusão e atuação social

A base forte da entidade que esteve pautada no relacionamento e integração profissional, social e na realização dos eventos técnicos de qualidade e referência, deve ampliar a sua atuação junto à sociedade e ao setor “Pretendemos ainda avançar em outras áreas do conhecimento, da atuação social e comunitária frente a sociedade em geral, ampliando a base de associados, realizando eventos esportivos internos, entre outros”, afirma Giongo.
Para o presidente da entidade, o espaço da sede é ótimo e está em construção para o bom convívio social, para atividades profissionais e para o uso de toda a família de associados e amigos. “Precisamos agregar, aumentar a participação e buscar o avanço da entidade, preservando os valores do Nucleovet. Nosso lema será: trabalho profissional e ético com cooperação”.
Sobre o envolvimento social e atuação junto à classe, Giongo destaca “Por princípio e desde a formação universitária, tenho utilizado parte do tempo para trabalhos de organização da classe profissional em trabalhos voluntários. Na vida acadêmica com a promoção de eventos na universidade que gerassem a aproximação dos universitários com o mercado de trabalho (semanas acadêmicas). Depois na vida profissional atuei junto aos eventos da Associação Brasileira de Veterinários Especialistas em Suínos – ABRAVES, vindo a ser vice-presidente durante 2 anos. Foi também nesta época, por volta do ano de 2004 que comecei a participar do Nucleovet, no início mais focado nos Simpósios de suínos”.
A frente de um grupo de voluntários do Nucleovet, Giongo fala sobre o desafio de presidir a entidade que participa há mais de 15 anos. “Agora me foi confiada a tarefa de presidir a associação com a participação de profissionais voluntários do Nucleovet, o que representa uma enorme satisfação. São veterinários e zootecnistas de diversas áreas, que atuam em cooperação e alinhados em prol de um bem maior: o desenvolvimento profissional, social e recreativo das classes profissionais afins” reflete.



Fonte: Nucleovet
Autor: Assessoria de Imprensa



COMENTÁRIOS






ÚLTIMOS CLIPPINGS













CLIPPINGS MAIS LIDOS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE

Clique acima para acessar o leitor digital ou abaixo para Download do PDF