Revista do AviSite
Revista do OvoSite
Encartes Especiais
Notícias
Informativo Semanal
Informativo Diário
Info Estatísticas
Canal Agroceres
PecSite
SuiSite
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Canal Agroceres
Legislação
Busca Avançada
Cadastre-se
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Segunda-feira, 18/10/2021
Siga-nos:
Notícias Informativo Semanal Informativo Diário Info Estatísticas Canal Agroceres
NOTÍCIAS
Milho: novo relatório do USDA pode mexer com as cotações? Veja análise


A semana terminou de forma lenta para o mercado de milho, que agora volta suas atenções para mais um relatório de oferta e demanda do USDA

Campinas, SP, 11/10/2021



O mercado do milho apresentou redução nos negócios na última semana em virtude do feriado. Para esta semana, os players seguem de olho nos preços para exportação. Além disso, o relatório de oferta e demanda do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que será apresentado no próximo dia 12, também pode ter peso nas cotações.

Acompanhe abaixo os fatos que deverão merecer a atenção do mercado de milho na próxima semana. As dicas são do analista da Safras Consultoria, Paulo Molinari.

– O mercado brasileiro de milho encerra a semana apresentando inexpressiva fluidez dos negócios. Os consumidores atuaram de maneira bastante tímida às vésperas do feriado prolongado;

– Além disso, houve inexpressiva fixação de oferta no decorrer do dia;

– Importante pontuar que o abastecimento de milho do último bimestre seguirá complicado, avaliando o reduzido estoque de passagem entre os anos de 2021 e 2022;

– O referencial de preço do milho em Campinas foi posicionado na semana entre R$ 93/93,50 CIF;

– As indicações no porto avançaram em meio a desvalorização do real e da alta da Bolsa de Chicago, aumentando a atratividade das exportações em relação ao mercado interno, rumores de negócios em Santos a R$ 91;

– O grande foco do mercado de milho no curto prazo é o relatório de Oferta e Demanda que será divulgado pelo USDA no próximo dia 12;

– A expectativa entre analistas do setor privado é de que a produção de milho dos EUA em 2021 seja indicada em 14,948 bilhões de bushels. Em setembro, o USDA indicou 14,996 bilhões de bushels;

– Para a produtividade, o mercado espera 175,9 bushels por acre, contra as 176,3 bushels por acre indicadas em setembro pelo USDA;

– Para os estoques finais 21/22 dos EUA, a expectativa do mercado é de que o USDA indique 1,421 bilhão de bushels. No mês passado, o USDA divulgou 1,408 bilhão de bushels;

– Outro elemento importante a ser considerado é o avanço do trabalho de campo no Meio-Oeste norte-americano, este que é o grande fator de queda nas próximas semanas.


Fonte: Canal Rural
Autor: Redação






COMENTÁRIOS



NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



















NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE

Clique acima para acessar o leitor digital ou abaixo para Download do PDF