Revista do AviSite
Revista do OvoSite
Encartes Especiais
Notícias
Informativo Semanal
Informativo Diário
Info Estatísticas
Canal Agroceres
PecSite
SuiSite
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Canal Agroceres
Legislação
Busca Avançada
Cadastre-se
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Domingo, 26/09/2021
Siga-nos:
Notícias Informativo Semanal Informativo Diário Info Estatísticas Canal Agroceres
NOTÍCIAS
Estudo comprova capacidade da Yes em complexar o selênio para ter mais biodisponibilidade




Campinas, 02/08/2021


Resultado laboratorial de pesquisa revela biodisponibilidade de selênio orgânico da Yes em comparação a outros selênios orgânicos disponíveis no mercado

Existe uma afirmação de mercado de que não é possível complexar o selênio, e que para esse elemento ser orgânico ele precisa passar por um processo de fermentação primária com biossintetização. Mas, a Yes, empresa que desenvolve soluções biotecnológicas para uma nutrição animal eficaz, segura e sustentável, consegue complexar o selênio em sua produção, fazendo uma ligação entre o mineral inorgânico e aminoácidos.

Para comprovar seu feito, a Yes realizou um experimento mensurando a eficácia dos selênios orgânicos Yes (complexo de selênio orgânico) em relação aos principais concorrentes do mercado. Avaliou-se a biodisponibilidade oral e dosagem hepática da atividade das enzimas, glutationa reduzida e glutationa peroxidase.

As células em atividade produzem radicais livres que, em excesso, podem causar morte celular e apoptose. Para combater esses radicais livres no citoplasma celular é preciso contar com o auxílio de uma enzima conhecida como glutationa peroxidase.

Quando em descanso na célula, a glutationa peroxidase é chamada de glutationa reduzida. No entanto, quando existe a necessidade de se combater os radicais livres, a glutationa reduzida liga-se ao selênio disponível no citoplasma celular e se transforma em glutationa peroxidase.

A glutationa reduzida é dependente de selênio para ser ativada e combater os radicais livres na forma de glutationa peroxidase.

O ensaio

Tendo como foco a ação das enzimas hepáticas, foram utilizados ratos (Rattus norvegicus L.), da variedade Wistar, fêmeas, com 14 semanas de idade, durante 10 dias experimentais. Inicialmente, após um período de jejum de 6h, o peso corporal dos animais foi determinado e a dose dos compostos foi calculada. Os animais foram divididos em 10 grupos de 7-8 indivíduos e tratados diariamente, por via oral com os seguintes tratamentos, de forma que a ingestão de Se (selênio) fosse de 0,3ppm/tratamento:

T1 – Veículo;
T2 – Concorrente 1;
T3 – Concorrente 2;
T4 – Yes-Selênio Concentrado;
T5 – Yes-Selênio 5.000;
T6 – Selenito de Sódio;
T7 – Concorrente 3;
T8 – Concorrente 4;
Resultados

Na análise da atividade hepática da glutationa reduzida (GSH) e glutationa peroxidase (GPx) em ratas Wistar tratadas por 10 dias com diferentes compostos contendo selênio. Quanto maior a atividade das enzimas glutationa reduzida e glutationa peroxidase, foi possível registrar uma maior proteção dos animais.



Pode-se concluir que o Yes-Selênio Concentrado e Yes-Selênio 5.000 possuem atividade enzimática superiores aos tratamentos veículo, Selenito de Sódio, concorrente 1, concorrente 3 e concorrente 4. Em relação ao concorrente 2, tanto o Yes-Selênio concentrado quanto o Yes-Selênio 5.000 possuem maior índice de GSH, sendo que, apenas o Yes-Selênio Concentrado apresentou dados inferiores de GSH-Px comparado ao concorrente 2.

Estes dados comprovam que a Yes é uma empresa que realmente fornece selênio orgânico ao mercado.


Fonte: Yes
Autor: Assessoria de comunicação






COMENTÁRIOS



NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



















NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE

Clique acima para acessar o leitor digital ou abaixo para Download do PDF