Revista do AviSite
Revista do OvoSite
Encartes Especiais
Notícias
Informativo Semanal
Informativo Diário
Info Estatísticas
Canal Agroceres
PecSite
SuiSite
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Canal Agroceres
Legislação
Busca Avançada
Cadastre-se
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Segunda-feira, 02/08/2021
Siga-nos:
Notícias Informativo Semanal Informativo Diário Info Estatísticas Canal Agroceres
NOTÍCIAS
Para FAO, produção mundial de carne de frango cresce 1,3% em 2021; a do Brasil, perto de 2%




Campinas, 16/06/2021


Em suas primeiras projeções para 2021, a agência das Nações Unidas para agricultura e alimentação (FAO) prevê que a produção mundial de carne de frango deve aumentar pouco mais de 1,3% no corrente exercício e superar ligeiramente a marca dos135 milhões de toneladas, volume correspondente a quase 40% da produção mundial de carnes (vide, a propósito, “FAO: no mundo, produção e exportação de carne de frango crescem pouco mais de 1% em 2021”).

A tabela abaixo, relacionando os 10 maiores produtores mundiais, mostra que EUA e China se encontram praticamente empatados na primeira posição, respondendo, cada um, por cerca de 17% do total mundial previsto.

O Brasil surge na terceira posição, com previsão de aumento de, praticamente, 2%. Os 14,678 milhões de toneladas sinalizados representam perto de 11% do projetado mundialmente.

A ressaltar a presença, na quinta posição e à frente da Índia, da Rússia, país que, vinte anos atrás, se colocava como o maior importador mundial de carne de frango (em 2001, mais de 1 milhão de toneladas importadas, a maior parte fornecida pelos EUA). Pois nessas duas décadas a Rússia se tornou autossuficiente e embora continue importando pequenos volumes, tornou-se exportadora (cerca de 320 mil toneladas em 2020).

Notar, ainda, a grande concentração da produção em um pequeno número de países. Assim, embora detenham pouco mais de 30% da população mundial, os quatro maiores produtores – EUA, China, Brasil e União Europeia – respondem por perto de 55% da produção mundial de carne de frango. Ou seja: os cerca de 200 países com os 70% da população respondem por menos da metade da produção mundial.


Acompanhe as Edições de Junho: Revista do AviSite e Revista do Ovo
           


Fonte: AviSite
Autor: Redação






COMENTÁRIOS



NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



















NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE

Clique acima para acessar o leitor digital ou abaixo para Download do PDF