Revista do AviSite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
Informativo Estatísticas
AviGuia
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Legislação
Busca Avançada
Cadastre-se
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Terça-feira, 14/07/2020
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal Informativo Diário Informativo Estatísticas
NOTÍCIAS
Nos EUA, Senado Federal pede explicações sobre grande exportação de carne para a China




Campinas, 29/06/2020 | 07:44 -


Aguardada há anos pela indústria local, a reabertura do mercado chinês à carne norte-americana começa a causar problemas para os exportadores dos EUA. Tudo em decorrência da pandemia.

Como se recorda, com a disseminação da Covid-19 entre seus funcionários, muitos abatedouros – de aves, suínos e bovinos – tiveram suas atividades temporariamente suspensas ou reduziram significativamente os abates. A ponto de a oferta de carnes diminuir sensivelmente e o Presidente Trump intervir no processo, proibindo a paralisação dos estabelecimentos processadores de carnes.

Ocorre que - quase simultaneamente e por razões de mercado amplamente conhecidas – as exportações das três carnes para o mercado chinês, até então zeradas, atingiram níveis significativos para a indústria local. E o fato foi capitalizado pelo setor com ampla divulgação pelos meios de comunicação, chamando-se a atenção, principalmente, para o fato de a China ter-se tornado o segundo principal destino da carne de frango norte-americana.

Naturalmente, as exportações para a China têm pequena relevância frente à produção total de carnes do país. Mas como aí está uma questão social (abastecimento interno) ideal para exploração política, dois senadores norte-americanos estão solicitando às principais indústrias de carnes (Tyson, Pilgrim’s, etc.) que deem explicações a respeito.

A realidade é que boa parte dessas exportações está representada por itens não consumidos no mercado norte-americano como, por exemplo, patas de frango e focinhos de porco. Mas até que se esclareçam todos os fatos, os exportadores permanecerão na berlinda.


Fonte: AviSite
Autor: Redação




COMENTÁRIOS



NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS












NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE