Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Quarta-feira, 21/08/2019
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal Informativo Diário
NOTÍCIAS
China: efeitos da PSA tendem a favorecer importação de carne de frango por longo espaço de tempo




Campinas, 19/07/2019 | 07:41

Fonte: AviSite | Autor: Redação

Embora recue significativamente, não será em 2019 que a produção chinesa de carne suína, afetada pela Peste Suína Africana (PSA), atingirá o fundo do poço. Um volume ainda menor está sendo previsto para 2020, ocasião em que o total produzido pode ficar aquém dos 47 milhões de toneladas, resultado quase 15% menor que alcançado em 2018.

A previsão – discutível, pois há indicações de que as perdas vêm sendo maiores que as apontadas pelos dados oficiais - é do Ministério da Agricultura da China e a respeito dela há menção específica no novo “Agricultural Outlook 2019-2018”, trabalho conjunto da OCDE e da FAO recentemente lançado.

Pelo gráfico abaixo é possível constatar que (previsão) o volume produzido no ano passado somente será novamente alcançado daqui a cinco anos, em 2024. E como a recuperação só deve começar em 2021, nesse meio tempo, as necessidades internas serão supridas por importações. Que – apontam OCDE e FAO – devem ser atendidas sobretudo por Brasil, Canadá e União Europeia. E o estimado, por ora, é um volume que em 2020 pode chegar aos 2,1 milhões de toneladas de carne suína, um volume mais de 75% superior ao importado em 2018.

O processo, claro, deve abranger também a carne de frango. Mas a principal beneficiária será a própria avicultura chinesa, única capaz de preencher (embora parcialmente) a lacuna causada pela peste suína africana.

Porém, além de suprir as necessidades do consumidor, a avicultura tende a modificar os hábitos alimentares dos chineses. Ou seja: como ocorre em outros países, também na China o consumo de carne de frango pode, no futuro, superar o de carne suína. Mas como chegar à autossuficiência é difícil, senão impossível, as importações do produto tendem a permanecer em níveis elevados por um longo tempo.






A Revista do AviSite e a Revista do Ovo já estão disponíveis! É só acessar!








NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS












NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE

Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: