Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Sexta-feira, 14/12/2018
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal Informativo Diário
NOTÍCIAS
Ovos férteis: exportação aumenta mais de 20% no ano




Campinas, 28/11/2018 | 07:24

Fonte: AviSite | Autor: Redação

Dados da SECEX/MDIC apontam que em outubro passado o Brasil exportou 19,6 milhões de unidades de ovos férteis destinados à produção de pintos de corte (equivalentes a, aproximadamente, 54.550 caixas de 30 dúzias). O volume alcançado foi 1,34% e 13,58% superior aos registrados em, respectivamente, outubro de 2017 e setembro de 2018. Esse foi, também, o melhor resultado dos quatro primeiros meses do segundo semestre, correspondendo ainda ao terceiro maior volume dos últimos sete anos.

Porém, a despeito dos resultados extremamente positivos, os índices de incremento vêm sofrendo diluição no decorrer do exercício. No fechamento do primeiro semestre apresentavam expansão de quase 40% sobre os mesmos seis meses do ano anterior. Agora, transcorridos dez meses de 2018, o aumento acumulado no ano está reduzido a 23% e o totalizado em 12 meses (de mais de 42% no primeiro semestre) cai agora para 24%.

Mantida a mesma quantidade de outubro no bimestre final de 2018, o volume do corrente semestre ficará praticamente igual ao do semestre passado e o total anual chegará aos 215 milhões de unidades (perto de 600 mil caixas), aumentando cerca de 26% no ano.

Notar, no entanto (tabela abaixo), que em novembro e dezembro do ano passado os volumes embarcados retrocederam sensivelmente em relação aos meses anteriores. Se isso se repetir e o total do bimestre repetir 2017, o volume anual ficará em torno dos 203 milhões de unidades (564 mil caixas), aumentando menos de 20% em relação ao ano anterior.

A comentar, ainda –em relação à informação, divulgada nesta semana pelo MAPA, de que a Arábia Saudita vai importar material genético avícola do Brasil – que os sauditas se encontram entre os principais importadores de ovos férteis destinados à produção de pintos de corte produzidos no Brasil. Aliás, em 2018 aumentaram as compras do gênero em 52% e absorveram perto de 15% do total exportado pela avicultura brasileira.








NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS












NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: