Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Classificados
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Terça-feira, 20/11/2018
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal Informativo Diário
NOTÍCIAS
Frango vivo em SP: queda de preço surpreende produtores




Campinas, 08/11/2018 | 07:23

Fonte: AviSite | Autor: Redação

Ontem, 7, o frango vivo negociado no interior paulista sofreu um rebaixamento de 10 centavos, sendo comercializado por R$3,00/kg, valor ainda superior (+11%) aos R$2,70/kg de um ano atrás, mas inferior aos R$3,10/kg vigentes nesta mesma época em 2015 e 2016.

Inusitada – é o mínimo que pode ser dito acerca dessa baixa. Não pelo mercado – que há tempos vem se mostrando frágil, a ponto de a cotação até então vigente ter-se tornado apenas um referencial – mas pela época do mês – primeiro decêndio, período em que, normalmente, o mercado se revitaliza e as cotações se firmam.

A explicação para essa inesperada baixa – conforme a Jox Assessoria Agropecuária – é o repentino aumento da oferta de aves vivas observado desde o início da semana. Determinado, não pelos produtores independentes e, sim, pelas integrações, que passaram a colocar no mercado maior volume de frangos vivos.

Isso pode estar ligado, apenas, à estratégia visando à recuperação de preços do frango abatido. Mas pode, também, ser efeito do aumento da produção, ocorrência impossível de detectar através dos números da APINCO.

Em outras palavras, o frango que está sendo abatido no momento provém, ainda, dos pintos alojados em setembro. Mês em que, conforme a APINCO, o volume alojado internamente (perto de 488,2 milhões de cabeças) recuou mais de 7% em relação ao mês anterior, agosto.

Não se conhece, porém, a distribuição desse volume no decorrer de setembro. Pode ser, por exemplo, que ele foi proporcionalmente maior no final do mês – algo absolutamente normal, pois equivale a uma espécie de preparação para outubro quando, geralmente, se registra o recorde de produção de cada exercício.

Sendo essa ou não a versão correta, o setor deve estar preparado para um período de novas baixas. Porque, a despeito da forte redução no preço, o mercado continua operando com valores inferiores ao de referência. E também porque a fase de firmeza do frango abatido (base de sustentação do frango vivo) dura não mais que uma semana.

Finalizando, vale citar que em Minas Gerais o mercado permanece firme e o preço continua inalterado em R$3,20/kg. Completou, ontem, 59 dias de vigência.








NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS












NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: