Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Classificados
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Quarta-feira, 18/07/2018
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal Informativo Diário
NOTÍCIAS
EUA enfrentam surtos virulentos da Doença de Newcastle




Campinas, 12/07/2018 | 11:49

Fonte: AviSite | Autor: Redação

Atendendo chamado dos órgãos oficiais, pequenos criadores de aves da Califórnia (EUA) têm procurado os serviços de saúde animal para relatar a ocorrência de aves doentes e o aumento da mortalidade em seus planteis, problema causado por um surto da Doença de Newcastle caracterizado como virulento (em inglês, VND – Virulent Newcastle Disease, doença que até recentemente os EUA identificavam como Doença de Newcastle Exótica).

No acompanhamento implantado desde o surgimento dos primeiros surtos, na segunda quinzena de maio, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) relaciona cerca de quatro dezenas de casos, a maioria concentrada no condado de San Bernardino, com extensão para o condado, próximo, de Riverside. Todos os casos detectados envolvem, exclusivamente, galinhas exóticas participantes de exposições.

Na tentativa de deter o avanço da doença, os órgãos de saúde animal têm orientado o setor a intensificar as medidas de biosseguridade e a adotar medidas de higiene relativamente simples – como lavar mãos e calçados antes e depois de adentrar o local de alojamento das aves e limpar e desinfetar profundamente pneus e equipamentos antes de retirá-los da propriedade. E uma vez que o problema está concentrado em aves participantes de mostras avícolas, o USDA recomenda que, ao retornarem dessas mostras, sejam mantidas em isolamento por 30 dias, antes de serem colocadas junto ao restante do plantel.

De acordo com o USDA, a avicultura comercial norte-americana não registra casos do gênero desde 2003. Naquela ocasião, a doença (ainda identificada, em inglês, pela sigla END - Exotic Newcastle Disease) atingiu quatro diferentes estados – além da Califórnia, também Arizona, Texas e Nevada – e ocasionou a perda de cerca de 4,5 milhões de aves. Vide a propósito, entre as notícias do AviSite de 2003, “EUA: The end of the END”.






NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS












NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: