Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Classificados
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Terça-feira, 25/09/2018
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal Informativo Diário
NOTÍCIAS
Desempenho do frango vivo na segunda semana de abril




Campinas, 16/04/2018 | 08:16

Fonte: AviSite | Autor: Redação

O frango vivo comercializado no interior paulista completou a segunda semana de abril (8 a 14, seis dias de negócios) e a primeira quinzena do mês repetindo o mesmo comportamento de um ano atrás, ou seja, com absoluta estabilidade de preço. Isto, ressalte-se, apesar dos dois momentos serem absolutamente diferentes.

Explicando, um ano atrás, na primeira quinzena de abril, o setor convivia com o período de Quaresma (a Páscoa de 2017 foi comemorada em 16 de abril). Seria natural, pois, o enfraquecimento do mercado e, com ele, uma baixa nos preços.

Mas não só isso. Quase um mês antes, numa fatídica sexta-feira de março (dia 17) havia sido deflagrada a Operação Carne Fraca. Prevalecia, então, a sensação de que ocorreria um “despencamento” generalizado nos preços do frango. Porém, após breves baixas ainda em março, o produto permaneceu com a cotação estável durante todo o mês de abril (essa estabilidade, aliás, somente seria rompida cinco meses depois, no final de setembro).

Pra encurtar a conversa, abril de 2017 tinha tudo pra cair e não caiu. Já abril de 2018 tinha tudo pra subir. Porque, em essência, o período de Quaresma (e, teoricamente, de menor consumo) terminou junto com o mês de março. Mas também porque os primeiros quinze dias do mês trazem maior dinamismo para as vendas. Entretanto, nada aconteceu. Ao contrário, acentuaram-se as negociações por valores abaixo da cotação referencial que, cada vez mais, vai ficando distante da realidade.

Sob esse aspecto e ainda que o mercado permaneça fraquíssimo (estamos entrando na sempre penosa segunda quinzena do mês), nada impede que, como há um ano, a cotação atual se estenda até o final de abril sem sofrer qualquer modificação. Afinal, ela agora não passa de peça de ficção.








NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS












NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: