Revista do AviSite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Informativo Semanal
Informativo Diário
Info Estatísticas
PecSite
SuiSite
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Legislação
Busca Avançada
Cadastre-se
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Terça-feira, 26/01/2021
Siga-nos:
Notícias Informativo Semanal Informativo Diário Info Estatísticas
NOTÍCIAS
Sérgio Vieira discute na Revista do AviSite os fatores que envolvem a qualidade de carcaças de frangos de corte


Carcaça de frango íntegra é resultante da otimização de todas as etapas do processo de produção”

Campinas, 14/03/2017


A produção avícola brasileira não para de crescer. A adequação de todos os itens do sistema de produção demanda uma velocidade radical na tomada de decisões. Não há apenas um ator responsável por este cenário promissor, o que de fato existe é o compromisso do produtor brasileiro e da cadeia produtiva com o resultado final. A opinião é do Professor Sérgio Vieira, da Faculdade de Agronomia da UFRGS, ao falar na edição de março da Revista do AviSite sobre tema que envolve a sua principal área de atuação, a qualidade de carne de frangos de corte. Assunto recorrente em eventos e congressos nacionais, a qualidade de carcaças é vista como um atributo de escolha do consumidor. Para ele, uma carcaça com boa qualidade é resultante da otimização de todas as etapas do processo de produção. É definida como aquela que chega sem “defeitos” ao final do “chiller”. Além disso, não apresenta riscos à saúde do consumidor, apresenta bom aspecto geral e tem bom acabamento (cobertura muscular).

Ultimamente, tem se falado mais sobre as miopatias, doenças musculares em que as fibras musculares têm perda de seu funcionamento normal, muitas vezes gerando debilidade funcional. É evidente a relação entre as aves que crescem mais rápido e que também produzem mais carne de peito com a frequência de miopatias. Mas para o Professor, isso acontece apenas em decorrência do fato de que nunca houve tanta proteína disponível, apesar de há ainda um extenso contingente humano não atendido nas suas necessidades mínimas. “As miopatias são muito mais fáceis de serem observadas em abatedouros e têm sido relatadas em todas as espécies animais. Como frangos de corte são aqueles de maior velocidade de abate conhecida, é nesta espécie que qualquer alteração chama mais atenção”, afirma.

De toda forma, o assunto precisa ser discutido. Portanto, clique AQUI e acesse o leitor digital da Revista do AviSite e confira a íntegra de uma entrevista com o Professor Sérgio Vieira, em que ele fala também sobre as mais recentes pesquisas sobre miopatias realizadas no laboratório da UFRGS.



Fonte: Revista do AviSite
Autor: Redação






COMENTÁRIOS



NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



















NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE

Clique acima para acessar o leitor digital ou abaixo para Download do PDF