Edição 100
10 Anos
Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Aplicativos
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Classificados
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Sábado, 21/04/2018
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal Informativo Diário
NOTÍCIAS
Órgão britânico impõe medidas mais rigorosas para controle de Campylobacter




Campinas - SP, 16/09/2013 | 07:35

Fonte: AviSite | Autor: Redação

Um estudo conduzido pela Food Standards Agency do (FSA), do Reino Unido, avaliou que 65% da carne de frango comercializadas no seu território estavam contaminadas com Campylobacter. É a causa mais comum de doenças e intoxicações alimentares no Reino Unido, totalizando 460 mil pessoas doentes, o envio de 22 mil para os hospitais e causa, anualmente, de 110 mortes, segundo informou a imprensa britânica.

Em decorrência desse quadro, o governo do Reino Unido, juntamente com a Food Standards Agency do (FSA), fizeram ajustes para impedir a contaminação da Campylobacter na produção de aves. A FSA vai exigir relatórios de níveis de Campylobacter ao longo de toda a cadeia de abastecimento e pretende derrubar barreiras regulatórias para a adoção de “novas inovações tecnológicas e eficazes para reduzir os riscos Campylobacter em todas as fases da cadeia de abastecimento alimentar”, e justificando que é necessário "conduzir as mudanças no comportamento e abordagem’.

Catherine Brown, presidente da FSA, pediu uma “mudança de cultura”, tanto pelo governo como pela indústria avícola. “Esse é um assunto complexo, mas não pode ocorrer uma aceitação coletiva de um nível de contaminação tão alto e que não se tenha nada que possa ser feito para reverter esse quadro", afirmou Brown.

A FSA planeja mudar a forma como funciona a indústria de aves britânicas, começando com a melhoria da biossegurança dos plantéis e continuando com medidas para evitar a contaminação da carcaça durante o abate. O órgão também quer que a indústria realize mudanças na embalagem, que possam reduzir a contaminação cruzada por serviços de alimentação e consumidores.

Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!






NOTÍCIAS RELACIONADAS

NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
ÚLTIMAS NOTÍCIAS











NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: