Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Quarta-feira, 16/01/2019
Siga-nos:
ESTATÍSTICAS & PREÇOS

Produção de Pintos de Corte
Milhões de Cabeças

20142015201620172018
JAN525,441539,803560,408535,647556,669
FEV482,746495,889538,403494,423484,996
MAR497,620523,159561,478517,196514,578
ABR503,325527,185540,962508,875469,768
MAI521,531535,525542,145522,835462,848
JUN500,067552,167551,130526,325486,324
JUL542,826573,266514,831515,254503,995
AGO532,452551,897546,836531,982528,934
SET531,201555,216497,702497,107488,926
OUT568,184581,602510,632521,308533,029
NOV481,899497,604525,170506,821
DEZ544,371572,410560,266534,215
TOTAL6.246,0276.505,7236.449,9646.211,9885.030,068

Pintos de corte: 4 bilhões de cabeças entre janeiro e agosto

Com, praticamente, 529 milhões de cabeças em agosto passado, a produção brasileira de pintos de corte acumulada nos oito primeiros meses de 2018 ultrapassa ligeiramente os 4 bilhões de unidades. Mesmo assim, corresponde – para o período – ao menor volume dos últimos oito anos (ou seja, desde 2011), apresentando recuos de 3,5% e 8% sobre idênticos períodos de 2017 e 2016, respectivamente.

De acordo com a APINCO, os 528,934 milhões de pintos de corte produzidos em agosto apresentaram ligeira redução (meio por cento a menos) em relação ao mesmo mês do ano passado, mas ficaram quase 5% acima do que foi registrado em julho de 2018. Corresponderam, também, ao maior volume produzido entre fevereiro e agosto, ficando 5% abaixo dos mais de 556 milhões de cabeças de janeiro passado – provavelmente o recorde de 2018.

Mantida no quadrimestre final do ano a produção média diária de agosto passado (pouco mais de 17 milhões de pintos de corte/dia), o total anual ficará próximo de 6,1 bilhões de cabeças, quase 2% menos que em 2017.

Comparativamente ao recorde que permanece desde 2015 – 6,5 bilhões de pintos de corte – esse volume será mais de 6% menor. O que, entretanto, não quer dizer que haverá redução na produção de carne de frango. Pois, de acordo com levantamentos do IBGE, o peso médio do frango produzido no primeiro semestre deste ano foi, em média, 7% superior ao de 2015. Ou seja: menos pinto não significa, necessariamente, menos carne de frango

Fonte: APINCO
Frango - Estatísticas
Frango - Cotações
Ovo - Estatísticas
Ovo - Cotações
REVISTA ONLINE
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: