Revista do AviSite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
AviGuia
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Legislação
Busca Avançada
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Quarta-feira, 26/02/2020
Siga-nos:
Trabalhos Técnicos
-->
CIÊNCIA & TECNOLOGIA - Trabalhos Técnicos

Saúde Avicola

Salmonellose - A Tecnologia do DNA como Ferramenta de Controle

Vagner Pinheiro do Nascimento Alexandre P. Pontes Canal, Wageck, C. UFRGS/CDPA - Revista Sanidade Avícola A Salmonella é um microrganismo de grande importância na avicultura industrial, podendo acarretar significativas perdas econômicas. Embora esta bactéria possa estar presente em todos os tipos de produtos de origem animal e até mesmo em vegetais, aqueles de origem avícola têm este agente fortemente ligado à sua imagem, podendo causar sérios prejuízos econômicos, como já foi observado na Europa na década de 80. Além disto, tornou-se uma grande barreira sanitária imposta aos produtos brasileiros nas exportações de carne de frango, que no ano de 1999, apresentaram um faturamento superior a 800 milhões de dólares, ou seja, uma importante fonte de recursos para a indústria avícola. Baseados na evidência da necessidade de um maior controle da contaminação pelas salmonelas em todas as etapas do sistema de produção, temos desenvolvido pesquisas para avaliar metodologias que simplifiquem os procedimentos de detecção da bactéria e reduzam o tempo para a obtenção dos resultados, sem incrementar o custo da análise ou comprometer a sua sensibilidade e especificidade. Já testamos amostras de campo através do uso do “swab” de arrasto para detectar Salmonella sp. em galpões de frangos e reprodutoras. Os resultados demonstraram que a técnica da PCR (reação em cadeia pela polimerase) é mais sensível que a metodologia microbiológica convencional, atualmente utilizada para a identificação do agente, com a vantagem de gerar resultados com tempo e custos mais reduzidos e de uma forma mais eficiente. Os dados obtidos mostraram ainda a menor sensibilidade da metodologia microbiológica convencional, com a qual foi detectada a presença da Salmonella sp. em 5,06 % dos galpões, enquanto pela PCR o índice de positividade encontrado foi de 13,92%, ou seja, quase 3 vezes maior. Com isto, conclui-se que os índices reais de contaminação estão sendo subestimados devido a limitação da técnica empregada atualmente, o que evidentemente pode comprometer os programas de controle do agente. A técnica da PCR pode proporcionar uma melhor avaliação do “status” de contaminação dos lotes em todos o níveis, reduzindo assim os riscos de contaminação do produto final. Esta tecnologia já encontra-se agregada ao diagnóstico de rotina do CDPA, onde a PCR também está sendo testada para identificar outros agentes de interesse na avicultura, contribuindo como uma ferramenta a mais para o controle sanitário dos plantéis


Saúde Avicola





























Ir para a página:  << Anterior   1  2

CATEGORIAS

Administração, Economia, Planejamento e Política Avícola (10)

Ambiência (27)

Equipamentos (3)

Estrutiocultura (2)

Genética (1)

Incubação (9)

Manejo (31)

Meio Ambiente (1)

Nutrição (67)

Outras Áreas (31)

Produção (18)

Saúde (3)

Saúde Avicola (68)

REVISTA ONLINE

Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: