Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Trabalhos Técnicos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Sexta-feira, 24/05/2019
Siga-nos:
Trabalhos Técnicos
-->
CIÊNCIA & TECNOLOGIA - Trabalhos Técnicos

Manejo

Métodos Alternativos de Muda Forçada

Março de 2007 MOLINO, A.B.1; GARCIA, E.A.2; SALDANHA, E.S.P.B.3; FAITARONE, A.B.3; PELÍCIA, K.3; BERTO, D.A.3; PIZZOLANTE, C.C.4 1 Aluna de graduação - Zootecnia - FMVZ/UNESP- Botucatu/SP- E-mail: molinoab@hotmail.com 2 Professor do Depto de Produção Animal - FMVZ/UNESP- Botucatu/SP 3 Alunos de pós-graduação - Zootecnia - FMVZ/UNESP- Botucatu/SP 4 Pesquisadora APTA – UPD/Brotas A muda forçada é uma técnica de manejo que visa prolongar a produção de ovos de galinhas poedeiras (1). Atualmente, a muda forçada efetuada com jejum prolongado ou restrição alimentar severa, tem sido muito questionada e novos métodos vem sendo propostos para reduzir o estresse das aves. Com o objetivo de avaliar métodos alternativos de muda forçada foi realizado um experimento utilizando-se 294 aves da linhagem Shaver, com 80 semanas de idade, submetidas a diferentes restrições quantitativas de ração. As dietas utilizadas possuíam 2750 kcal/EM/kg, 17,5% PB, 3,5% Ca e 0,37% P. Utilizou-se 7 tratamentos (grupo controle e restrições de: 75%, 87,5% e 100% do consumo de ração “ad libitum”, com ou sem a utilização de calcário de granulometria grosseira durante o período de muda.) com 7 repetições, de 6 aves cada, em um delineamento experimental inteiramente ao acaso. Durante a muda foi fornecido fotoperíodo de 14 horas e 30 minutos de luz/dia. Considerou-se período de muda o período necessário para que as aves atingissem perda de 25% do peso vivo. Foram analisados consumo de ração (CR), consumo de calcário (CC), período necessário (em dias) para atingir 25% de perda de peso vivo (Dias para 25% PP), percentagem média de postura obtida durante o período de muda (Post %) e a percentagem de ovos quebrados durante o período de muda (QBR %). Quando todos os tratamentos atingiram perda de 25% do peso vivo, iniciou-se a elevação do fotoperíodo em 30 minutos/semana, até atingir 17 horas de luz/dia e foi fornecida dieta de poedeiras fase produção à vontade. Na Tabela 1 encontram-se os resultados de desempenho dos tratamentos experimentais. Constata-se que houve efeito significativo de tratamento sobre o CC, onde, das aves alimentadas com calcário, as que receberam restrição de 75% de ração apresentaram maior CC que as alimentadas com 87,5% de restrição e as submetidas à restrição de 100% de ração mostraram menor consumo de calcário. Tabela 1 Desempenho dos tratamentos experimentais durante a muda Médias seguidas por letras iguais, maiúsculas na coluna não diferem significativamente pelo teste de Tukey (p>0,05) * Pré fixado R 100% - Restrição de 100% de ração; R 100% + C - Restrição de 100% de ração + calcário; R 75% - Restrição de 75% de ração; R 75% + C - Restrição de 75% de ração + calcário; R 87,5% - Restrição de 87,5% de ração; R 87,5% + C - Restrição de 87,5% de ração + calcário. O tempo necessário para que as aves atingissem a perda de peso vivo de 25% foi 10, 21 e 14 dias para os tratamentos restrição de 100% de ração (com e sem calcário), restrição de 75% de ração (com e sem calcário) e restrição de 87,5% de ração (com e sem calcário), respectivamente. (2) constataram perda de peso vivo de 22,24%, com fornecimento de 11g de milho, por 12 dias. A percentagem média de postura do controle, foi superior a dos demais tratamentos, os quais não diferiram significativamente entre si, exceto o tratamento R 87,5%, que apresentou valores significativamente inferiores ao tratamento R 100% + C. Não houve efeito significativo de tratamento sobre a percentagem de ovos quebrados. Pode-se concluir que a adição de calcário de granulometria grosseira durante o período de muda não alterou a percentagem de ovos quebrados; independentemente da utilização do calcário, as aves submetidas à restrição de 100% de ração apresentaram menor tempo para obtenção de perda de peso vivo de 25% que as que tiveram restrição de 87,5% e estas por sua vez apresentaram menor tempo para obtenção de perda de 25% do peso vivo que as que tiveram restrição de 75% de ração; a percentagem de postura dos tratamentos jejum (com e sem calcário) e restrições de 75% e 87,5% (com e sem calcário) foi semelhante durante o período de muda. Referências Bibliográficas 1. Silva JHV, Jordão F° J, Silva EL. Revista Brasileira de Zootecnia 2003; 32(6):1697-1704 2. Silva JHV, Jordão F° J, Lima MR. et al. Suplemento Revista Brasileira de Ciência Avícola, Campinas: FACTA. V.8, 2006, p 128.


Manejo































CATEGORIAS

Administração, Economia, Planejamento e Política Avícola (10)

Ambiência (27)

Equipamentos (3)

Estrutiocultura (2)

Genética (1)

Incubação (9)

Manejo (31)

Meio Ambiente (1)

Nutrição (65)

Outras Áreas (31)

Produção (18)

Saúde (3)

Saúde Avicola (67)

REVISTA ONLINE
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: