Brado apresenta calculadora de emissões de CO2 do transporte multimodal

Batizado de Green Log, projeto de sustentabilidade conta com ferramenta que informa reduções de carbono obtidas com a multimodalidade

Especializada na logística multimodal e com operações customizadas de acordo com as necessidades dos clientes, a Brado inicia a fase mais importante do Green Log, o seu projeto de gestão sobre a redução de emissões de gases de efeito estufa. Agora, todo cliente em potencial e interessados em transportar com a empresa podem acionar o site da Brado e calcular em quanto a solução logística da Brado é capaz de reduzir as emissões de CO2 na comparação com o modal estritamente rodoviário.

Os números registrados entre janeiro de 2020 a outubro deste ano apontam que nossos clientes deixaram de gerar aproximadamente mais de 441 mil toneladas de gás carbônico ao movimentarem mais de 306 mil TEUS. O CO2 evitado equivale à emissão anual de mais de 95 mil automóveis e seriam necessárias mais de 3,1 milhões de árvores para absorver todo esse carbono.

“Nós assumimos três compromissos por meio do Green Log: reduzir as emissões de CO2 na logística, apoiar o combate as mudanças climáticas e melhorar a comunicação sobre esse tema com nossos clientes e parceiros”, fala Marcelo Saraiva, presidente da Brado. “Assim, em meados de 2020 iniciamos o desenvolvimento de uma ferramenta online com um algoritmo que calcula a redução de emissão de CO2 da solução logística Brado frente à rodovia. Isso culminou no lançamento em abril deste ano do módulo Green Log somente para clientes Brado que já utilizavam o portal WeBrado”.

Após um período de uso restrito, agora a nova ferramenta ganha o mundo: “A calculadora permite visualizar de forma clara o quanto a sociedade e todo o planeta podem ganhar ao evitar que grandes volumes de cargas sejam movimentados por estradas em longas distâncias. O Green Log é uma resposta efetiva ao urgente momento e agenda de sustentabilidade que está decidindo os rumos dos negócios”, avalia Saraiva.

A sustentabilidade faz parte do DNA da empresa não só nas ferramentas digitais como o Green Log. A empresa utiliza energia de fonte renovável em seus terminais de São Paulo, Paraná e Mato Grosso. Neste ano, recebeu o certificado I-REC, que reconhece que cada 1 MWh de energia consumida pela empresa em 2020 foi gerada por fontes renováveis (no caso da Brado, foi a hídrica). Emitido pelo Instituto Totum, o I-REC comprova o comprometimento da empresa em promover o uso de energia renovável e a redução de emissão de CO2 à atmosfera.

Como funciona o Green Log

A calculadora está disponível na página inicial do site da Brado. Ao acessar o link “Calculadora de Emissões”, o interessado é direcionado para um questionário online, onde deverá informar os seguintes dados para simular um transporte: tipo de carga, peso total do que será transportado, volume estimado de viagens necessárias em um ano e as cidades de origem e destino.

Após informar dados pessoais para ser contatado, a calculadora aplica o algoritmo para determinar qual será a opção multimodal mais adequada para a carga a ser transportada. Também indica quais são os terminais mais adequados à logística e qual será a economia na emissão de CO2 oferecida pela multimodalidade. A resposta com os cálculos é enviada por e-mail em poucos segundos para o solicitante.

Não há requisito de volume mínimo para fazer a simulação na calculadora do site. “O cálculo irá converter o peso informado para a quantidade de contêineres correspondente, partindo sempre de uma unidade”, comenta Marcelo Saraiva.

A ferramenta não faz cotação do custo do serviço de transporte, e sua função é somente simular o potencial de redução das emissões de gases de efeito estufa, em uma determinada rota operada pela Brado. O processo de cotações de novos negócios ocorre de forma paralela e independente da calculadora de CO2.

O módulo Green Log disponível para os clientes fornece as seguintes informações: a emissão evitada por mês; o total acumulado de CO2 evitado desde o início da operação com a Brado; e o fator de emissão ferroviária em gramas de CO2 por unidade de peso transportado e distância percorrida.

O Green Log também traz comparativos que ajudam a visualizar quanto essa economia de emissões equivale em gases gerados por automóveis ou em número necessário de árvores para compensar o impacto. A atualização dos dados para clientes ocorre sempre a partir do dia 15 de cada mês.

Cases de clientes

Entre os clientes ativos da Brado, a calculadora de emissões já participa do dia a dia de suas operações. A Minerva Foods, líder em exportação de carne bovina na América do Sul e uma das maiores empresas na produção e comercialização de carne in natura e seus derivados na região, tem a sustentabilidade como um pilar estratégico, e recentemente anunciou o compromisso de alcançar emissões líquidas zero até 2035, 15 anos antes do que o previsto no Acordo de Paris.

“Para atingirmos nossa meta, contamos com o apoio de soluções que trabalham alinhadas ao nosso objetivo. Nesse sentido, a operação de multimodalidade em parceria com a Brado e com o uso da Green Log, além de nos trazer maior eficiência logística, nos ajudará no monitoramento de emissões de Gases de Efeito Estufa, com insights para explorarmos oportunidades e melhorias em curto e médio prazo”, fala Marcelo Neiva, gerente executivo de logística da Minerva Foods.

A Companhia das Cooperativas Agrícolas do Brasil, CCAB Agro, é formada por 21 cooperativas que representam cerca de 55 mil produtores agrícolas no Brasil. A empresa comercializa produtos que protegem cultivos diversos, como soja, milho, algodão, dentre outras. A escolha de movimentar seu portfólio pela ferrovia faz parte de sua estratégia de ações responsáveis com o meio ambiente: “Além das vantagens econômicas e competitivas que esta decisão empresarial traz, nossa visão, a curto e longo prazo, é diminuir a emissão de gás carbônico, hoje um compromisso mundial, que precisa ser cumprido de forma rápida, para evitar ou diminuir os impactos do aquecimento global”, fala Gustavo do Santos, supervisor de Logística da CCAB.

Sobre o Green Log, Santos ressalta que a ferramenta “permite mensurar as emissões de CO2 de maneira clara e segura”. “Mesmo já tendo uma noção clara de que a ferrovia emite menos CO2, quando analisamos percebemos que as emissões ferroviárias emitem 6,9 vezes menos do que as rodovias. Ter esta informação é muito importante”, afirma o supervisor da CCAB.

Sobre a Brado
A Brado é referência nacional em serviços de logística multimodal. Possui estrutura própria composta por 19 locomotivas, mais de 4,6 mil contêineres e 2,7 mil vagões, equipamentos, armazéns e terminais, complementadas por meio de parcerias estratégicas nos principais centros de consumo do país. Com atuação cada vez mais adaptada às necessidades do mercado de importação, exportação e mercado interno, a empresa preza pela excelência na movimentação de cargas no Brasil, focado na integração multimodal.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine a nossa newsletter.

NOSSOS PARCEIROS

Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas

Últimas Notícias

Revista AviSite

Últimas Notícias

Busca por palavra chave ou data

Selecione a Data

Busca por palavra chave ou data

POR DATA:
OvoSite
PecSite
SuiSite

Revista AviSite

CONFIRA OS DESTAQUES DA NOSSA ULTIMA EDIÇÃO

revista-ferraz

A Ferraz é uma empresa familiar 100% nacional e que iniciou suas atividades no ano de 1970. Em seguida, começaram a fabricar pequenas fábricas de rações farelada para granjas de aves de postura e também suínos. Atualmente, fornecem plantas completas tanto para produção de rações fareladas, extrusadas de 400 Kg a 16 toneladas por hora, peletizadas de 400 Kg a 30 toneladas por hora.

Revista-ricardo

Ricardo Santin, afirma: “Produção nacional de carne de frango pode alcançar entre 14,100 e 14,300 milhões de toneladas neste ano, elevação de 3,5% em relação a 2020. No recorte das exportações, a ampliação do volume embarcado é ainda mais evidente: até 10%. Consumo per capita será de 46 quilos de carne de frango”.

revista-qima

QIMA/WQS foi fundada em 1993, oferecendo soluções para a indústria de alimentos do campo à mesa por meio de certificações reconhecidas pela GFSI (BRCGS, GLOBALG.AP, SQF, IFS), segurança de alimentos, auditorias éticas, selos de qualidade, inspeções, treinamento e gestão da cadeia de fornecimento. Atualmente com sede em Charlotte, Carolina do Norte, com filiais no Brasil e México, fornecem serviços em todo o mundo.

revista-pluma

A Pluma Agroavícola sempre se destacou no mercado pela evolução e crescimento acima da média. Hoje, com 22 anos de fundação, a empresa atua em oito estados do Brasil, sendo Paraná (com sua sede em Cascavel), Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás, Pernambuco e Distrito Federal. Em 1999, quando a empresa foi fundada, eram apenas cinco funcionários; hoje, são mais de 2.300 colaboradores.

revista-cida

Duas datas muito importantes foram comemoradas nos meses de setembro e outubro ambas com forte relação com os segmentos de avicultura e suinocultura: O Dia Internacional da Conscientização sobre a Perda e o Desperdício de Alimentos (29/09) e o Dia Mundial da Alimentação (16/10) o qual faz alusão também a data de criação da Organização da Nações Unidas para alimentação e agricultura (FAO). Os setores avícola e suinícola conferem grande contribuição aos temas e trazem grandes benefícios a bem-estar população global e do planeta.

Revista-leandro

Sob a liderança da Ministra Tereza Cristina, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento tem trabalhado comprometido com a agenda de abertura, manutenção e ampliação de mercados para os produtos do agronegócio brasileiro. Como resultado abrimos desde janeiro de 2019 até o presente momento, 178 mercados para diferentes tipos de produtos.

revista-edicao-salmonelas

Alberto Back e Vânia Bernardes, do MercoLab Laboratórios LTDA, Cascavel PR publicam artigo na edição de dezembro da Revista do AviSite, em que afirmam que grande desafio atual é o controle das salmonelas paratíficas, que representam os outros quase 300 sorotipos que podem infectar as aves, além da Gallinarum e Pullorum. “
“Controle das salmonelas paratíficas exige conhecimento, ação integrada na cadeia, monitoramento, uso de produtos anti-salmonela (ácidos, probióticos, prebióticos, extratos vegetais…), uso de vacinas, cuidados de ambiência, manejo e biosseguridade”, afirmam.

Capturar-8

Quem se dedicou à tarefa de analisar os balanços das duas principais empresas do setor no segundo trimestre de 2021 deve ter notado que, embora fortes concorrentes entre si, ambas apresentaram pelo menos um argumento em comum para justificar os fracos resultados do período: o encarecimento do custo de produção naquele que, provavelmente, é o momento mais difícil e desafiante da economia e do consumidor brasileiro. Página 62.

Open chat
Cadastre-se para receber os Informativos