Edição 100
10 Anos
Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Aplicativos
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Classificados
Fórum
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Domingo, 24/09/2017
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal Informativo Diário
NOTÍCIAS
Carne de frango: somente cortes superam embarques de 2016




Campinas, 13/09/2017 | 08:41

Fonte: AviSite | Autor: Redação

Individualizadas as exportações brasileiras de carne de frango sob o ângulo dos quatro principais itens exportados – frango inteiro, cortes de frango, industrializados de frango e carne de frango salgada – constata-se que apenas os cortes de frango vêm tendo embarques superiores aos do ano passado.

O setor completou os oito primeiros meses de 2017 enfrentando uma redução de volume de 2,66% em relação ao mesmo período de 2016. Isso corresponde a, aproximadamente, uma queda de 78,2 mil toneladas, na qual o frango inteiro teve maior participação (73,7 mil toneladas a menos, frente à redução de 21,2 mil toneladas da carne salgada e de 8,2 mil toneladas dos industrializados). Quer dizer: o tombo teria sido maior não fosse o aumento de quase 25 mil toneladas nos cortes de frango.

Analisada, agora, a evolução de preços, constata-se que três desses quatro itens continuam alcançando valor médio superior ao dos mesmos oito meses de 2016 (ainda que, no momento – e sob os efeitos da Operação Carne Fraca – tais preços apresentem estabilidade ou retrocesso). Neste caso, a exceção recai sobre a carne salgada, cerca de 3% mais barata.

Mesmo assim, só os cortes de frango apresentam, novamente, evolução positiva também na receita cambial. Das mais significativas, pois o incremento está próximo dos 17%, o que possibilitou neutralizar a perda de receita dos outros três itens e garante, por ora, um aumento de 6,13% na receita cambial da carne de frango.

A mencionar, ainda, que com esse desempenho os cortes passam a responder por quase 65% da receita cambial da carne de frango. É o mais elevado índice de participação já registrado pelo produto em todos os tempos.


Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!






NOTÍCIAS RELACIONADAS

NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
ÚLTIMAS NOTÍCIAS











NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: